Como Chegar ao Casal do Vulcão ?

Portugal

Portugal está situado na Europa Meridional, na parte ocidental da Península Ibérica, entre os paralelos 37º e 42º de latitude norte e os meridianos 6º e 9.5º oeste de Greenwich e é confrontado a Norte e Este com a Espanha e a Oeste com o Oceano Atlântico.

 

Fazem parte do Território Nacional o Arquipélago da Madeira, situado no Oceano Atlântico, a sudoeste de Portugal Continental, e o Arquipélago dos Açores localizado no Oceano Atlântico a oeste da Europa Meridional.

 

A duração da viagem de Portugal Continental à Ilha do Faial dura sensivelmente 2 horas.

 

Transporte Aéreo

Existem ligações aéreas regulares (cerca de 2 horas de vôo) entre Lisboa e os três aeroportos dos Açores: Ponta Delgada (ilha de São Miguel), Lages (ilha Terceira) e Horta (ilha do Faial).

Os turistas da Madeira; Porto ou Frankfurt poderão efectuar voos directos para a ilha de São Miguel e vir para o Faial em apenas 45 minutos.

De momento existe duas empresas de aviação que fazem ligações entre Lisboa e a ilha do Faial. Essas empresas são a TAP e a SATA.

 

Açores

Constituído por nove ilhas vulcânicas dispersas no meio do Atlântico Norte, distando cerca de 1.500 km da costa ocidental europeia e a aproximadamente 3.900 km do continente norte-americano. O Arquipélago dos Açores estende-se por uma faixa, orientada no sentido Sudeste-Noroeste e enquadrada pelos meridianos 25º-31º 15’ de longitude Oeste e pelos paralelos 36º 55-39º 45’ de latitude Norte.

 

A temperatura média anual do ar ronda os 17ºC (63ºF), variando entre os 13º-14ºC

(55º-57ºF) de média nos meses mais frios (Janeiro/Fevereiro) e os 22º-23ºC (72º73ºF) nos mais quentes (Julho/Agosto).

 

Transporte Aéreo

Existem ligações aéreas regulares (cerca de 2 horas de vôo) entre Lisboa e os três aeroportos dos Açores: Ponta Delgada (ilha de São Miguel), Lages (ilha Terceira) e Horta (ilha do Faial).

Além das ligações Continente - Açores também existe ligações entre todas as ilhas do Açores.

De momento existe duas empresas de aviação que fazem ligações inter-ilhas. Essas empresas são a TAP e a SATA.

 

Transporte Marítimo

Existem ligações marítimas regulares entre as ilhas do Faial, Pico e São Jorge, durante todo o ano, asseguradas pela Transmaçor.

No período de Verão as mesmas são reforçadas com as embarcações da empresa Açorline, ligando todas as ilhas com excepção do Corvo.

 

(legenda: mapa da ilha do Faial)

 

Faial

A sua forma de um pentágono irregular, com uma área de 173,42 km2, de origem vulcânica, mais conhecida por ilha azul. Sua capital a cidade da Horta e o seu muito conhecido porto marítimo segundo alguns peritos na navegação é uma paragem obrigatória de todos os veleiros que atravessam o Atlântico Norte.

 

A Ilha do Faial, consegue oferecer aos seus visitantes um leque de serviços relacionados com a natureza terrestre como marítima.

 

Transporte Terrestre

Tendo em conta os turistas que preferem não conduzir durante as férias, o Casal do Vulcão dispõe de uma viatura de 9 lugares para transporte dos clientes, com especial destaque para a recepção no Porto da Horta ou Aeroporto de Castelo Branco e correspondente partida, bem como a realização de percursos entre o Capelo e a Cidade da Horta, a horas a combinar.

Além disso esta empresa realiza de passeios pela ilha, em grupos ou individuais e correspondente visita aos locais de maior relevância turística.

Se desejar usufruir de maior independência poderemos sempre preparar-lhe o aluguer de um automóvel.

 

Vulcão dos Capelinhos

A localização do "Casal do Vulcão" é sem dúvida uma das mais valias da unidade, ficando a apenas 1000m de um dos mais importantes pontos turísticos

(se não mesmo o mais importante), e sem dúvida o mais espectacular de todos pela sua paisagem fascinante: O VULCÃO DOS CAPELINHOS.

 

O "Casal do Vulcão" é neste momento a moradia habitada mais próxima do Vulcão, situando-se a cerca de 200m da exposição fotográfica subordinada ao Vulcão e à loja de artesanato existente no mesmo edifício.

 

Pela sua proximidade com o Vulcão, permite aos turistas apreciáveis momentos de lazer, e contacto com a natureza, de resto o grande factor motivador de fluxos turísticos para a região, bem como o contacto com todos os aspectos culturais associados à partida dos habitantes daquela zona à data da erupção.